FOLHA DE S.PAULO – 04/07/2014 

Família Klein adquiriu 36 unidades comerciais da BR Properties
Na sua aposta mais ambiciosa para crescer na área imobiliária, a família Klein, dos fundadores –e ex-proprietários– das Casas Bahia, comprou uma carteira com 36 imóveis comerciais da BR Properties, sua concorrente, por R$ 606 milhões.

O negócio foi fechado na noite de quarta (2), depois que os Klein concordaram em pagar R$ 418 milhões e assumira uma dívida de R$ 188 milhões.

Os imóveis já foram comprados com inquilinos dentro e vão render quase R$ 60 milhões por ano aos Klein, que no ano passado faturaram R$ 240 milhões no setor imobiliário.

Agora eles compraram 26 lojas ocupadas pela C&A (em shoppings e ruas), além do edifício-sede da marca, em Alphaville (Barueri, São Paulo), um supermercado Sendas, um call center e escritórios em São Paulo, na região da avenida Paulista.

“Estamos negociando outras coisas, que gostaríamos de fechar até o final do ano”, afirma Michael Klein, hoje à frente dos negócios da família. “Procuramos alternativas para investir os recursos que recebemos no ano passado.”

No final de 2013, a família recebeu cerca de R$ 1,6 bilhão com a venda de 20% da Via Varejo (dona das lojas Casas Bahia e Ponto Frio). Depois da operação com a BR Properties, eles ainda possuem cerca de R$ 1 bilhão.

O negócio foi feito pelo Grupo CB, presidido por Klein. O grupo administra empresas da família, focado em três áreas: imóveis, aviação executiva e participação em outras empresas.

Mas o mercado imobiliário é a grande aposta depois que a família vendeu o controle das Casas Bahia para o Grupo Pão de Açúcar.

“Nossa meta é ser a maior empresa de imóveis comerciais do país”, afirma.

A atuação dos Klein do mercado imobiliário começou em 2010, quando eles tinham 275 lojas. Quando 2014 começou, eram 384 propriedades e agora passaram a ser donos de 420 pontos comerciais, entre lojas, galpões industriais, complexos administrativos, escritórios e centros de distribuição.

Com as novas aquisições, o patrimônio imobiliário da família aumentou de R$ 4 bilhões para R$ 4,6 bilhões.

GRUPO CB/ /2013
FATURAMENTO R$ 246 milhões
PATRIMÔNIO 384 imóveis, avaliados em R$ 4 bilhões (desconsiderando a nova compra de 36 imóveis)
PRINCIPAIS CONCORRENTES São Carlos Empreendimentos, Savoy, WTorre, BR Properties