Revista HiGH – Edição 44 | Janeiro/Fevereiro 2014

Espaço, a fronteira final que tem levado homens, bravamente, a procurar lugares nunca antes explorados.

Mas não vamos sair galáxia afora. Sorocaba está mais perto. O local tem chamado a atenção da aviação executiva que está à procura de um endereço decente para abrigar as suas aeronaves, ainda mais nessa época pré-Copa do Mundo. O aeroporto da cidade tem recebido alguns melhoramentos. A pista que era de 1.480m já foi ampliada para 1.630m e talvez cresça até 1.750m. As operações são 24h e uma torre de controle deve ser feita.

Quem sabe o lugar possa se tornar internacional, com posto a Policia Federal, que já possui uma estrutura na cidade.
Aliás, na Copa será montado um esquema provisório transformando o local em porto seco.
Quem sabe essa operação possa ser estendida para um padrão definitivo.

Com um bom terreno que pode receber uma ampliação na estrutura, e já prevendo a operação de aeronaves de grande porte, o que se vê hoje em Sorocaba (SP) é o pulular de novos e grandes hangares.
A Dassault, Gulfstream e Embraer montaram centro de serviços lá e há certa corrida para erguer mais infraestrutura.
Na ponta mais ao oeste do terreno, o Grupo Casa Bahia Comercial Ltda. ergueu um enorme hangar que, acredite, inicialmente era para abrigar somente a frota da companhia e mais um centro de gerenciamento de segurança de toda a sua rede.
Todavia, a direção viu que uma outra, e até óbvia, oportunidade de negócio estava se abrindo.
São 8.000m2 de área total, sendo metade hangar, metade pátio. Mesmo se toda a frota da companhia fosse colocada dentro do hangar, ainda sobraria muito espaço.
Um Legacy 650 ou um Falcon 7X parecem minúsculos estacionados lá. De altura livre há 10m nesse prédio.
A priori é possível colocar no seu interior 10 jatos de grande porte e mais dois ou três da categoria de um Citation Sovereign.

Com isso numa mão e o mercado procurando lugar para abrigar suas aeronaves, foi fácil readequar a função de todo o investimento.
Uma nova empresa, a CBAir, está sendo estabelecida com certificação junto à Anac.
A sobra de espaço virou negócio e a própria frota do Grupo Casa Bahia Comercial Ltda deve ser utilizada no futuro para serviços de táxi-aéreo.
Saiu a tal central de segurança e entrou uma estrutura para receber os usuários da aviação, sejam eles passageiros ou tripulantes.
E coloque estrutura nisso. São inúmeras salas para tripulações.
Em longos corredores cheios de portas, há desde salas para descanso rápido com aquelas poltronas do papai e outras com sistema de massagem, a cômodos completos com TV, cama, banheiro e armários.
Espaços para guarda de pertences ou para estudos e reuniões estão igualmente disponíveis.
Os passageiros podem ter a maior privacidade possível uma vez que o hangar possui três elevadores, sendo um exclusivo para cargas, permitindo, por exemplo, que você entre e siga direto para a sala vip de 400m2 sem ser incomodado.
Enquanto você se acomoda, as suas bagagens seguem para a aeronave.

Essa estrutura feita num espaço anexo, acima do piso principal do hangar, é um verdadeiro apartamento, finamente decorado no estilo que você sutilmente quer compartilhar na sua casa.
Podia morar fácil lá. Há conforto suficiente para quatro ou cinco famílias utilizarem o mesmo espaço até o embarque ou finalização do desembarque. Mario Amaral, 19 anos no mercado, foi contratado para gerenciar esse novo empreendimento em Sorocaba.
Foi ele quem nos contou que uma taxa de embarque ou desembarque em Congonhas sai, no mínimo, por R$ 800,00 e que a hangaragem de um jato executivo de grande porte custa cerca de R$ 60 a 80 mil no mesmo endereço.

Pelas contas do Mario, esses valores serão 50% mais baixos no hangar da CBAir.
Operacionalmente alguns serviços foram agregados às taxas de utilização do lugar.
A hangaragem inclui a higienização da aeronave, o uso de fonte de energia externa e a disponibilidade de oxigênio e nitrogênio (calibração dos pneus) para o aparelho.
E como não há problemas de slot e o funcionamento do aeroporto é contínuo, o usuário pode muito bem chegar de viagem às 03h00 sem nenhum problema.
Eles estão vendo também a disponibilidade de serviço de transfer entre cidades. E isso tudo já a serviço, a tempo de fugir da bagunça da Copa.
A inauguração oficial está prevista para meados de fevereiro, mas, o legado vai ficar para o futuro, como uma opção para esta aviação que está só a procura de um lugar para ser bem tratada.